• Centro de Informação do Medicamento e dos Produtos de Saúde (CIMI)
  • 21 798 7373
  • 21 111 7552
  • cimi@infarmed.pt
  • 800 222 444

No sentido de reforçar a atuação do Infarmed nas situações identificadas como problemas na utilização de dispositivos médicos nos hospitais, melhorar os mecanismos de acesso aos dispositivos médicos e, consequentemente determinar a conformidade dos dispositivos médicos utilizados, o Infarmed solicitou a todos os hospitais a identificação de um ponto de contacto.

Assim, para além de ser crucial que os profissionais de saúde notifiquem diretamente o Infarmed sobre os problemas verificados com a utilização de dispositivos médicos é essencial definir e estreitar os contactos entre o Infarmed e os profissionais que lidam com os dispositivos médicos nos Hospitais.

Por este motivo, foi enviado um ofício aos Conselhos Diretivos de cada Hospital para que fosse designado um ponto de contacto, o qual poderá ser um profissional, uma unidade ou um gabinete de gestão de risco ou outro.

Este ponto de contacto tem de compilar e coligir os problemas que ocorram com a utilização de dispositivos médicos no Hospital.

A notificação deve incluir um descritivo de todas as ocorrências de forma a permitir quantificar a taxa de falha por tipo de ocorrência. Salienta-se a importância deste descritivo por ocorrência para a eficácia do processo de verificação da conformidade do dispositivo médico. A informação poderá ser enviada em formato de relatório ou de tabela.

Para os Hospitais que ainda não enviaram ao Infarmed a identificação do respetivo ponto de contacto, aguardamos esta informação com a identificação do ponto de contacto, e-mail e telefone.

Posted on the Infarmed website on 29 December 2016